É comum vermos as pessoas perguntando por qual treino devo seguir, visando resultados mais rápidos.

E surge a dúvida: Treinos longos ou Treinos intensos? Qual exige mais?

É exatamente sobre isso que vamos falar no artigo de hoje, então continue ligado e fique por dentro do assunto!

Treinos longos vão pedir mais energia e vai exigir um condicionamento físico com um certo preparo, em gasto calórico você vai gastar muito mais em um treino de 2 horas do que se você fizer um treino de 30 minutos, já os treinos mais intensos vão exigir mais dos músculos e tendões. Se você fizer um treino longo e no outro dia ficar com os músculos doloridos, pode ser que seja necessário rever seus treinos, nesse caso é possível que sua base muscular não esteja preparada para esse tipo de treino.

A correlação com lesões está ligada ao volume dos treinos, ou seja, todo o conjunto de atividades físicas que você realiza, por exemplo, faz yoga, natação, corrida, musculação, toda a soma de tempo investida contribui para o aumento do volume e é nesse aspecto que o atleta pode ficar exposto ao surgimento de lesões por conta das altas jornadas de treinos, nesse caso, procurar por bom senso e equilíbrio entre treinos e período de descanso é a melhor opção.

É preciso respeitar o seu corpo e evoluir de acordo com os seus resultados e progressos, portanto é recomendável que consulte um especialista para avaliar o seu físico e indicar a rotina de treinos mais adequada para o seu perfil, somente ele terá condições técnicas de dizer quando e quanto você pode aumentar o volume de seus treinos e indicar o melhor tipo de treino, se será longo e moderado ou curto e intenso.

E para potencializar ainda mais os seus treinos, a Creatina Micronizada da Farmácia Alopática pode fazer uma grande diferença em sua rotina de treinos, principalmente para treinos longos ou até mesmo com maior intensidade.

Então corra para nossa loja virtual e adquira já a sua Creatina!Acesse: https://farmaciaalopatica.com.br/creatina-micronizada-500g

Conhecida e temida no mundo da musculação a fadiga muscular, que muitas vezes pode parecer inofensiva também pode significar um estado de alerta que o seu organismo está emitindo que nesse caso pode ser devido à alguma jornada de treinos em demasia ou até mesmo a deficiência de nutrientes necessários para a boa performance dos atletas.

E por isso no artigo de hoje você vai entender um pouco mais sobre a fadiga muscular e suas consequências quando não tomados os devidos cuidados que ela pede, então continue ligado e confira!

A fadiga muscular pode surgir de forma repentina e se for indicativo de algo mais sério pode ser durar por dias se mostrando como uma incapacidade metabólica que impede o funcionamento do músculo de forma adequada e na maioria das vezes pode resultar de jornadas de treinos com altos níveis de sobrecarga.

Nosso tecido muscular pode apresentar altos níveis de força quando demandado pelas atividades físicas, porém pode apresentar incapacidade e até mesmo lesões provocadas pela fadiga muscular.

Portanto o melhor caminho é optar pelo equilíbrio entre as jornadas de treino e o repouso que tem a funcionalidade de descanso e recuperação dos músculos.

Entre as causas principais de fadiga muscular temos:

– Baixa ingestão ou déficit de carboidratos – Os carboidratos são ótimas fontes de energia e devem ser consumidos antes e depois dos treinos, mas prefira pelos que contemplam baixo índice glicêmico e possuem energia por mais tempo, são eles batata-doce, aveia e mandioca. E quando nosso organismo apresenta baixos níveis desse poderoso nutriente, os músculos ficam sem a energia adequada para ter a força demandada pelos treinos, o que vai impedir a eficiência do exercício.

– Baixa ingestão de água – é a principal fonte de hidratação do corpo e reposição de líquido expelido por meio do suor durante as atividades físicas, portanto manter o consumo adequado de água é de extrema importância.

– Altas jornadas de treino – Por mais que na maioria das vezes associamos as longas jornadas de treino com bons resultados é necessário ter cautela e um equilíbrio entre os treinos e o descanso, até porque, caso contrário com a fadiga muscular você não vai conseguir treinar, trazendo assim uma quebra brusca na sua rotina de exercícios.

E para te ajudar a ter ainda mais força em seus treinos, apresentamos o Turkesterone, um suplemento manipulado que vai auxiliar na assimilação de proteínas e no ganho de força e massa magra! Então não perca mais tempo e corra para nossa loja virtual!

Acesse: https://farmaciaalopatica.com.br/turkesterone-500mg

Quando o assunto é musculação, é comum sermos levados a pensar em quais suplementos utilizar, porém é importante saber quais devem ser utilizados e como utilizá-los de forma saudável.

Por isso no artigo de hoje você vai entender um pouco mais sobre a Glutamina e como suplementar corretamente com esse poderoso aliado, então continue ligado e fique por dentro do assunto!

Sendo possível encontrá-la nos músculos, a glutamina é um aminoácido responsável por promover a hipertrofia e melhorar a performance do atleta atuando principalmente na recuperação dos músculos após as jornadas de treinos.

Após a finalização das atividades físicas os níveis de glutamina do corpo diminuem automaticamente e por isso é comum os profissionais e especialistas da área recomendarem a suplementação de Glutamina como um repositor desse aminoácido.

Ela é uma forte aliada dos atletas, pois além de repor os níveis de glutamina do corpo ela previne infecções e por isso é a queridinha dos atletas principalmente em período de competições, abaixo separamos alguns dos benefícios da glutamina:

– Inibe as vontades de comer doces e do consumo de álcool;

– Melhora da concentração;

– Reforça o sistema imune;

– Melhora o funcionamento do intestino;

– Promove a desintoxicação do nitrogênio e amônia.

Colocando por terra alguns mitos, a Glutamina não engorda quando consumida seguindo a recomendação de um profissional especialista, porém por ser essencial para a hipertrofia, é natural perceber o aumento do peso oriundo do ganho de massa magra.

A Glutamina pode ser consumida junto das refeições antes do treino ou antes de dormir e pode ser encontrada em nossa loja virtual, então não perca tempo e adquira já esse suplemento poderoso!Acesse: https://farmaciaalopatica.com.br/glutamina-250g

No artigo de hoje, vamos falar um pouco mais sobre o off season apresentando alguns mitos e também algumas dicas     que podem te ajudar.

Então continue ligado e fique por dentro desse tema!

A expressão originária da língua inglesa “off season” significa “fora de temporada” que no caso da musculação para atletas sejam amadores ou profissionais significa fora do período de temporada de competições e por isso um bom offseason pode representar até mesmo o seu próximo troféu nas competições e no decorrer desse artigo você vai entender o porquê.

E para iniciarmos esse assunto complexo, aqui vão quatro passos essenciais para você ter uma boa performance e para que consiga enxergar sua evolução, são eles: 

Planejamento – esse é o primeiro principal passo do bom off, nele você compreende o tempo que irá ficar fora do período de competições para que consiga adequar dietas e treinos coerentes com esse período. Sim, é importante estabelecer uma boa rotina de treinos e dietas, atletas sérios e experientes sabem que é necessário manter um corpo em forma o ano inteiro (e não apenas nos períodos de competições), principalmente quando o objetivo é encontrar patrocinadores e até mesmo participar de eventos importantes para ter uma boa presença, inclusive nas fotos.

Outro motivo para focar em uma boa rotina de treinos e dietas é que os ganhos de massa muscular não vão aparecer de forma tão rápida, portanto é importante que se estabeleça um período razoável para avaliar os resultados, caso contrário você irá se frustrar.

É importante se concentrar no ganho de massa magra, porém cuidado para não confundir com o aumento de peso por conta da retenção de líquidos que acaba acontecendo de forma natural, e por isso, recomendamos que você tenha sempre um profissional da área para avaliar o seu físico de forma adequada.

Padronização – Quando falamos de padronização, nos referimos à consistência, para tudo na vida precisa ter foco e persistência para chegar no objetivo almejado e na musculação não é diferente, até porque como já comentamos acima os ganhos e massa magra não vão aparecer de um dia para o outro, é necessário ter foco, persistência e continuidade, por isso denominamos a padronização.

Além disso, ela é importante para sua dieta, uma dieta padronizada resulta em boa performance nos treinos e a falta dela causa desequilíbrios no organismo fazendo com que se tenha queda nos treinos. Portanto ela deve ter o mesmo padrão da temporada de competições, outro fator importante é que ao seguir uma dieta padronizada e planejada você pode facilmente fazer ajustes visando uma melhora em sua performance.

Não comer demais – Lembre-se, um bom atleta tem uma aparência de atleta independente da fase, seja ela de competições ou não. Não caia no mito de que precisa engordar primeiro para depois secar para ter aumento de massa muscular, siga a dieta do seu nutricionista, ele sabe o quanto você pode comer para manter uma dieta equilibrada. 

Foque e entenda os seus pontos fracos – Esse é o maior proveito para quem está fazendo um off season, você precisa ser sincero com você mesmo para fazer uma análise autocrítica honesta e sincera, e se for o caso, peça para um especialista ou um atleta profissional realizar uma avaliação do seu físico, esse momento é importante para que sua rotina de treinos não contribua para um corpo assimétrico.

E para fechar, combinar todas as dicas apontadas acima com o Fourslim da Farmácia Alopática pode turbinar seus treinos e auxiliar no gerenciamento de peso, acesse o link e confira mais sobre essa formulação poderosa!

https://farmaciaalopatica.com.br/fourslim-150-mg

Em nosso artigo de hoje você vai entender o porquê que algumas pessoas tem mais facilidade para ganho de massa muscular e o porquê que outras pessoas acabam tendo que se esforçar bastante para ter resultados satisfatórios na prática de atividades físicas.

Então continue ligado e fique por dentro do assunto!

Antes de nos aprofundarmos no tema é importante dizer que essa diferença que muitas vezes pode parecer injusta é por conta do biotipo de cada pessoa juntamente com o seu perfil metabólico, portanto indivíduos que têm uma maior capacidade de acúmulo de gordura são chamados de endomorfos, por exemplo.

Então vamos entender um pouco mais sobre os biotipos existentes, sendo eles o ectomorfo, endomorfo e mesomorfo.

Os ectomorfos são em sua maioria mais magros e com baixos níveis de massa muscular, isso ocorre em função da predominância das células oxidativas. Com grandes capacidades de resistência e alto consumo de energia, esse biotipo costuma apresentar em sua característica, indivíduos com ossos mais finos e alongados, como é o exemplo dos maratonistas.

Para esse biotipo, 40 minutos de treinos intensos com séries curtas focadas na hipertrofia muscular é o mais indicado para esse perfil. Eles podem se dar ao luxo de ter uma dieta rica em carboidratos e com altos índices hipercalóricos, principalmente antes dos treinos por ser alimentos que entregam altos níveis de energia.

Já o endomorfo é o biotipo que nunca queremos assumir, pois ele contempla o biotipo que apresenta facilidade de ganho de gordura, pelo fato de ter um metabolismo mais lento, nesse caso essas pessoas devem ter uma rotina de exercícios regrada e optar por alimentos mais saudáveis. Esse perfil pede uma rotina de treinos mais dinâmica e intensa, como hits, musculação com séries de 20 a 30 repetições e com cargas volumosas. Além disso, treinos de corrida, bike com peso com duração de 20 a 45 minutos é uma ótima escolha.

Por outro lado, os mesomorfos contemplam o biotipo dos sonhos, pois tem uma predisposição ao ganho de massa muscular e não precisa se preocupar com a alimentação tão regrada, eles não precisam temer o acúmulo de gordura, já que sua genética traz uma ótima contribuição.

Embora tenham facilidade metabólica, é importante manter uma alimentação equilibrada entre os níveis de gorduras, proteínas e carboidratos, além de manterem uma rotina de treinos com alta intensidade de cargas e repetições, mas para eles 15 minutos de treino são suficientes.

A boa notícia é que, cada um dos biotipos apontados nesse artigo pode ser mudado com o estilo de vida que for adotado e você pode combinar um novo estilo de vida ao Cindura da Farmácia Alopática, que atua no ganho de massa muscular e aumento de força e resistência. 

Então acesse nossa loja virtual e confira mais sobre esse poderoso manipulado!

https://farmaciaalopatica.com.br/cindura-800-mg

No artigo de hoje vamos falar um pouco mais sobre TPC e apresentar algumas dicas que podem contribuir para quem busca um modelo adequado dessa terapia.

Fato é, que por não existir um protocolo oficial que recomenda quando a TPC deve ser iniciada gera margem de muitas dúvidas e incertezas sobre o tema e por isso nesse artigo, nosso objetivo é te ajudar a entender um pouco mais sobre o tema e seus possíveis modelos de terapia, então continue ligado e confira!

Por se tratar de uma terapia que tem como objetivo estimular a produção natural do corpo de hormônios como testosterona, minimizar as perdas de massa magra e produção de gordura, além de recuperar os danos causados no fígado por conta dos esteroides anabolizantes, a TPC deve ser feita com o aval e análise de um profissional especialista da área para minimizar os riscos de efeitos colaterais.

Mesmo se tratando de um assunto complexo, é comum vermos as pessoas perguntarem se o Tribulus Terrestris é recomendado para TPC, por exemplo. Na verdade, ele pode auxiliar, porém o uso deste medicamento de forma isolada pode não ser suficiente devido ao fato de estarmos falando de um procedimento para estimular a produção do organismo de hormônios que foram inseridos no organismo em altas cargas fazendo com o que o organismo entenda que não é mais necessário a produção do mesmo. 

Então já que esse assunto é tão complexo, como deve ser feito a TPC e quando devo iniciar os processos terapêuticos?

Há teorias que vão defender o início da terapia após a meia-vida do esteróide, já existe outra teoria que vai defender o início da prática quinze dias antes e estendê-la por mais quinze dias após o fim do ciclo.

Porém a forma mais correta e indicada é iniciar e finalizar após as análises de exames realizados antes da primeira dosagem do anabolizante, também é importante analisar o tipo de esteróide, a dosagem utilizada e as características que compõem o perfil clínico do atleta usuário.

E para te ajudar, você pode combinar as dicas descritas neste artigo com o Complexo Aumento de Massa Magra e Testosterona da Farmácia Alopática, então perca tempo, acesse nossa loja virtual e confira mais sobre esse poderoso aliado!

Acesse: https://farmaciaalopatica.com.br/complexo-aumento-de-massa-magra-e-testosterona

Quando o assunto é performance física e suplementos para a ampliação da alta performance, é comum pensarmos em vários produtos para redução da circunferência abdominal e aumento da saciedade, visando eliminação das gorduras localizadas e ênfase para os músculos robustos e aparentes.

Porém o que na maioria das vezes pode passar despercebido por várias pessoas e que pode auxiliar os amantes das atividades físicas é o Ômega 3, pois é capaz de reduzir os níveis de estresse oxidativo e ter ação antioxidante e anti-inflamatória.

E aqui vai mais uma boa notícia, o Ômega 3 pode ser um grande aliado na recuperação muscular, além disso, outra vantagem para quem faz o uso desse suplemento é que até mesmo em treinos de alta intensidade, ele pode ser um grande aliado contribuindo para a alta performance, isso porque sua composição pode apresentar efeitos ergogênicos, melhorando a performance do praticante de atividades físicas.

E os benefícios desse suplemento não param por aqui, ele pode também aumentar a síntese de proteína feita pelos músculos, deixando-os mais aparentes, além disso, foi identificado em estudos os benefícios desse suplemento para a prevenção de doenças desde o aspecto cardiovascular, metabólico e até mesmo doenças psíquicas, como ansiedade e depressão.

E para te ajudar a obter todos esses benefícios, a Farmácia Alopática tem esse poderoso suplemento e está a um clique de distância, isso mesmo! Corra para nossa loja virtual e adquira já o seu!

Acesse: https://farmaciaalopatica.com.br/super-omega-3-60-capsulas-all-premium

Para quem deseja melhorar a performance na academia, ter mais resultados e ganhar massa magra, por exemplo, a ingestão adequada de proteínas e sua assimilação pelo organismo são essenciais.

A proteína é o nutriente responsável por aumentar e manter a massa muscular do corpo, lógico que alinhado à prática de exercícios físicos. As proteínas são encontradas em alimentos como ovos, carnes brancas e vermelhas e em leguminosas como o feijão e a ervilha.

Mas para que a proteína seja aproveitada é necessário que os processos do organismo ocorram corretamente para que haja a quebra dos aminoácidos no estômago e sua absorção pelo intestino delgado. Por sua vez, o fígado seleciona o que é necessário e o resto é eliminado pela urina.

Como melhorar a assimilação de proteínas?

Para contribuir neste processo, Alopática conta com o produto Turkesterone, uma erva perene originária principalmente da Ásia Central e muito conhecida por ser uma rica fonte de substâncias bioativas. Ela incrementa a assimilação de proteínas, resultando em força e ganho de massa magra.

Conheça todos seus benefícios, acesse: https://farmaciaalopatica.com.br/turkesterone-500mg

Cada treino tem uma finalidade diferente, que varia conforme os objetivos de cada pessoa, tanto em relação ao volume quanto à intensidade.

Para bons resultados a alimentação e suplementação também são importantes pois fornecerão o necessário para que se consiga realizar um bom treino.

Elementos antioxidantes e antiinflamatórios são recomendados para treinos de intensidade. Já para os de volume os macronutrientes, de forma mais específica os carboidratos, garante a reserva de energia necessária.

Para treinos mais longos ou com mais intensidade um ótimo aliado é a creatina, que também contribui para a diminuição do tempo de recuperação entre os treinos. 

Com a Creatina Micronizada da Alopática você consegue melhores rendimentos e resultados. Conheça: https://farmaciaalopatica.com.br/creatina-micronizada-100g