É comum vermos atletas procurarem uma rotina de treinos com séries intensas com altas cargas buscando a hipertrofia e o aumento considerado de massa magra. Principalmente quando o foco é chegar nos objetivos desejados para as famosas competições.

Porém, o excesso de exercícios pode trazer algum efeito acentuado do envelhecimento cutâneo?

É exatamente sobre isso que vamos falar no artigo de hoje, então continue ligado e fique por dentro do tema!

Chegar ao extremo ou fazer rotinas de treinos mais pesados do que o seu corpo está habituado a fazer na academia pode sim representar alguns riscos, pois além dos riscos de lesões nos músculos, pode afetar até mesmo a saúde da sua pele.

Então se você é participante de maratonas, triathlons e competições de fisiculturismo, o tema de hoje é para você e no decorrer desse artigo vai ficar mais fácil entender o porquê!

Muitos já ouviram falar sobre os radicais livres atrelados ao surgimento de doenças e estágios inflamatórios, mas então vamos entender um pouco mais sobre eles.

Os radicais livres estão presentes em nosso corpo e são produzidos constantemente, pois são resultantes da conversão dos alimentos em energia para o sustento de nosso corpo. Já que estão ligados ao nosso metabolismo, nosso corpo possui enzimas que protegem e regulam a produção dos radicais livres pelo metabolismo.

O problema começa surgir quando temos cenários que extrapolam as capacidades naturais do nosso corpo de lidar com os radicais livres, ou seja, quando temos um cenário em que sua produção é elevada demais, ultrapassando as capacidades naturais do organismo para lidar com eles, e aqui estamos falando da poluição, exposição direta e constante aos raios UV, má alimentação, estresse e uso de cigarro e álcool. Estamos falando do famoso Estresse Oxidativo.

Tal cenário contempla um processo inflamatório em nosso organismo, e com ele temos a quebra das fibras de colágeno, o que causa um aspecto de envelhecimento cutâneo, além de uma série de outros fatores e até mesmo o surgimento de algumas doenças.

O que pode passar despercebido ou até mesmo ser de conhecimento de poucos, é que o excesso de atividades físicas intensas pode ser um grande contribuinte para o estresse oxidativo, isso ocorre pelo alto consumo de oxigênio, liberação de energia e aumento da temperatura do corpo em contraste com o déficit de fluxo sanguíneo na contração muscular presente nos treinos.

Além de todo esse cenário, temos alguns agravantes que vão ampliar os efeitos da produção de radicais livres, como por exemplo, o caso de maratonistas que além de treinarem intensamente, participam de eventos onde estão expostos a radiação dos raios UV e da poluição, isso quando não temos casos em que além de tudo isso, o atleta faz uso de cigarros.

Por isso, é bem comum vermos atletas que tem um corpo de dar inveja, porém tem em seu rosto as famosas linhas de expressão.

O que trazemos neste artigo não deve fazer você pensar que deve parar suas atividades físicas, ao contrário disso, queremos alertar que deve procurar um equilíbrio e a ajuda de um profissional da área que vai entender os limites do seu corpo e assim conseguir desenhar o planejamento de treinos ideal para que mesmo quando há necessidade de treinos mais intensos, eles estejam dentro das capacidades do seu corpo de forma que não seja um agressor do seu organismo.

E para fechar, você pode aliar na sua rotina de treinos e suplementação, o uso de manipulados que vão auxiliar na produção de antioxidantes, reposição das fibras de colágeno e manutenção da beleza da pele, e para te ajudar a Farmácia Alopática preparou alguns manipulados que podem fazer toda a diferença na sua rotina, confira!

https://farmaciaalopatica.com.br/combo-da-beleza-60-cps

https://farmaciaalopatica.com.br/verisol-25g

https://farmaciaalopatica.com.br/coenzima-q10-100mg

https://farmaciaalopatica.com.br/exsynutriment-150mg

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *